• Andresa Darosci

As pessoas importam e são essenciais para o nosso bem-estar e construção da felicidade

A teoria do bem-estar proposta por Seligman (2011) é composta por cinco elementos básicos: emoção positiva, engajamento, relacionamentos positivos, significado e propósito e realização representada pelo acrônimo PERMA. Mas, de forma prática, como construir bons relacionamentos para o alcance de uma vida virtuosa e obtenção de um PERMA alto?


Já foi comprovado que a qualidade das nossas relações estabelecidas ao longo do tempo impactam no aumento do nosso bem-estar (Waldinger, 2015). Ao se tratar sobre os reflexos da Covid-19, cabe refletir sobre quem realmente você pode contar principalmente diante ao sofrimento causado pela pandemia. Você pode se manter isolado, mas conectado. Uma das premissas básicas proposta pela Psicologia Positiva é de que as pessoas importam. Importam tanto que existe uma metáfora que pode ser considerada: “Se você quer matar a aranha, destrua a sua teia”. A nossa rede interpessoal sustenta nossas relações sociais e a quebra pode causar danos psicológicos e físicos em nossas vidas.


Aproveite para apreciar o que há de bom no outro para além da “esteira hedônica”, ou seja, nossa tendência é nos acostumarmos com a nossa rede social e esquecemos de cultivá-la. Uma maneira de apreciar o que há de bom no noutro é enaltecer suas forças de caráter mais espontâneas. Considere as melhores qualidades no outro e que compõem sua personalidade positiva. Se você quiser ter um coração carinhoso, tenha mais compaixão e generosidade com os outros. Você experimentará mais emoções positivas e seu cérebro entenderá a importância destas sensações positivas cotidianas para o seu bem-estar (TEDxMarin Dr. Hanson, 2013).


A Covid-19 atacou uma das partes mais importantes das nossas vidas e que muitas vezes é o que consideramos importante para ter uma vida com sentido. Nos foi tirada a liberdade de ir e vir, nossos trabalhos, nossos restaurantes favoritos, contato com as pessoas que valorizados e amamos, aqueles que nos fazem sentir que nós pertencemos a algo e com quem temos uma conexão forte. Eliminamos da nossa rotina os encontros esporádicos com amigos, vizinhos, familiares, colegas de escola e tudo isso nos faz refletir sobre como será nosso futuro e como podemos planejar este futuro próximo.


O que eu tenho para trazer para vocês como reflexão é que em tempos de Covid-19 algumas forças de caráter são essenciais como a esperança, o amor, perseverança e a gratidão. São forças para se criar espirais ascendentes que nos auxiliam a criar uma trajetória de crescimento e nos auxiliam a nos tornar nossa melhor versão em tempos difíceis e incertos. Isso nos dá a oportunidade de pensar e perceber possibilidades diferentes. As pesquisas apontam, por exemplo, que pessoas felizes vivem oito anos a maior do que as infelizes, estabelecem melhores relacionamentos sociais, são mais produtivas no trabalho, se tornam melhores cidadãos e mais preocupados com o mundo, contribuem mais para a caridade se envolvendo em ações voluntárias e são mais resilientes (DeNeve et al., 2013). O que se observa é que os que possuem um modelo explicativo pessimista correm mais riscos cardiovasculares que os otimistas e ainda, os otimistas tem menos doenças infecciosas (Diener & Chan, 2011).


Aproveite e assista: Hardwiring happiness: Dr. Rick Hanson at TEDxMarin 2013

https://www.youtube.com/watch?v=jpuDyGgIeh0&list=PLuTFeS6JkSxlNY9S17da12r0Gp27lNJT_&index=4&t=0s



#psicologiapositiva #positivepsychology #wellbeing # happiness #happinessat work #positiverelationships

9 visualizações
 

©2020 por Andresa Darosci Desenvolvimento de Pessoas Ltda.