• Andresa Darosci

Você sabe o que é salário emocional?

Atualizado: Set 8

A concepção de salário emocional é relativamente moderna. O propósito dos jovens e a forma que atribuem sentido ao seu trabalho vai ao encontro da concepção que quando o trabalhador está feliz tende a alcançar uma melhor performance. A implementação do salário emocional inclui aquelas recompensas não monetárias que promovem um maior bem-estar, engajamento e felicidade em relação aos propósitos pessoais alinhados aos organizacionais. O salário emocional além de promover benefícios aos trabalhadores, aumenta a produtividade e a competitividade da organização, permite o aumento da satisfação dos trabalhadores e os incentiva a manter um comportamento positivo para colaborar com o propósito do trabalho.

O horário de trabalho flexível e autonomia para gerenciar o como fazer, respeitar o horário de envio de tarefas e compromissos, a possibilidade de equilibrar a vida pessoal e do trabalho, home office adequado, desenhar um plano de carreira estimulante, o desenho de espaços confortáveis e acolhedores, espaço de lazer, possibilidade para a criar e inovar, transparência, respeito, reconhecimento, relações interpessoais positivas, empatia, compaixão, comunicação não violenta, programas de alimentação saudável, auxílio no controle do estresse, medidas ergonômicas, incentivo ao processo de aprendizagem e reciclagem do conhecimento, promoção de atividades físicas, ter consciência de suas virtudes e fortalezas e as desenvolver, percepção que você está contribuindo para um propósito maior são apenas alguns fatores valorizados pelos trabalhadores e que compõem o salário emocional.

Cabe ressaltar que, as organizações interessadas em atrair e reter talentos humanos com qualidades competitivas, têm sido aqueles que consideram o trabalhador como parceiro estratégico do negócio e como consideração este retribui com organização ao realizar um trabalho com qualidade, com alta performance e engajamento. Por isso, a importância de um adequado contrato psicológico, de uma cultura organizacional em constante evolução do seu ambiente interno e do mercado. Cada vez mais é necessária a contratação e desenvolvimento de um profissional (Business Partner - BP) com foco na Gestão da Felicidade no Trabalho e em outros espaços de vida.

Para saber mais você pode acessar:

Gay, F. (2009). El Salario Emocional, clave para reducir el estrés. Gestión Práctica de Riesgos Laborales, 33, 44-47. Recuperado de: http://pdfs.wke.es/8/5/5/6/pd0000018556.pdf

Moreno, L., Paredes, S., & Seminario, F. (2016). Salario emocional: diseño de lineamientos de fidelización del talento humano en el sector retal, caso supervisores de tiendas por departamento Ripley, del programa Master o Sáciense en organización y dirección de personas. (Tesis de grado). Universidad ESAN. Recuperado de: https://repositorio.esan.edu.pe/handle/20.500.12640/664

Saavedra, G. A. (2020). Salario emocional una nueva alternativa que revoluciona la gestión del talento humano. Recuperado de: http://hdl.handle.net/10654/35193.


#psicologiapositiva #positivepsychology #salarioemocional #felicidadenotrabalho

16 visualizações
 

©2020 por Andresa Darosci Desenvolvimento de Pessoas Ltda.